Carteira da doméstica: Conheça as consequências em não assinar!

esocial empregada doméstica | Doméstica Simples

Se você tem uma empregada doméstica em sua casa, é importante lembrar que a lei exige que você assine a carteira da empregada doméstica. Essa é uma obrigação que muitos empregadores ainda não cumprem, seja por falta de informação ou por escolha própria. No entanto, é importante conhecer as consequências dessa atitude.

Não assinar a carteira de trabalho da empregada doméstica pode trazer diversos problemas para o empregador, como a possibilidade de pagar multas, indenizações, além de gerar insegurança jurídica. Além disso, essa atitude prejudica a empregada, que fica sem direitos trabalhistas, como férias, 13º salário, FGTS, entre outros.

Riscos de não assinar a carteira da empregada doméstica

Abaixo, listamos algumas das consequências mais comuns de não assinar a carteira de trabalho da empregada doméstica:

  • Multas e indenizações: O empregador pode ser multado pela falta de registro na carteira de trabalho da empregada doméstica, além de ter que pagar indenizações em casos de demissão ou ações trabalhistas.
  • Insegurança jurídica: Sem o registro da empregada, o empregador pode ficar vulnerável a processos judiciais, que podem trazer prejuízos financeiros e morais.
  • Prejuízo para a empregada: Sem o registro, a empregada doméstica fica sem direitos trabalhistas, o que pode prejudicar sua saúde financeira e bem-estar.
  • Impossibilidade de utilizar o eSocial: O eSocial é uma ferramenta obrigatória para o registro e pagamento dos impostos trabalhistas e previdenciários dos empregados domésticos. Sem o registro na carteira, o empregador não poderá utilizar essa ferramenta, o que pode gerar problemas fiscais.
  • Dificuldade para contratar outra empregada: Quando a empregada não é registrada, a falta de referências e comprovação de experiência pode dificultar a contratação de uma nova empregada doméstica.

Portanto, é importante lembrar que a carteira de trabalho da empregada doméstica deve ser assinada desde o primeiro dia de trabalho, para garantir que o empregador esteja cumprindo com suas obrigações legais e para garantir os direitos trabalhistas da empregada.

Além disso, é importante lembrar que a assinatura da carteira não é um gasto, mas sim um investimento em um ambiente de trabalho mais justo e seguro para todos os envolvidos.

Outras publicações da Doméstica Simples