eSocial: Quais os impostos pagar para empregada doméstica?

esocial empregada doméstica | Doméstica Simples

A contratação de uma empregada doméstica requer a atenção dos empregadores para os impostos que devem ser pagos, garantindo que todos os direitos da trabalhadora sejam cumpridos. Neste sentido, é fundamental entender quais impostos devem ser pagos para a empregada doméstica e como realizá-los corretamente.

Listando os impostos para empregada doméstica

INSS da empregada doméstica

O principal imposto a ser pago é o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), que garante a aposentadoria da trabalhadora. O valor do INSS é calculado com base no salário da empregada, com uma alíquota que depende do valor do salário da doméstica.

FGTS doméstica

Além do INSS, também é necessário pagar o FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), que é um fundo de garantia que funciona como uma poupança para a empregada doméstica.

Imposto de Renda da trabalhadora doméstica

Outro imposto a ser pago é o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), que é calculado com base no salário da empregada. Este depende do valor do salário e do número de dependentes da trabalhadora doméstica.

Seguro Acidente de Trabalho (SAT) 

Além desses impostos, há ainda as contribuições ao SAT (Seguro Acidente de Trabalho), que é uma contribuição obrigatória para todos os empregadores, e ao salário-educação, que é uma contribuição destinada ao financiamento da educação básica.

eSocial Doméstica

Para realizar o pagamento dos impostos corretamente, é necessário fazer o cadastro no eSocial Doméstica, plataforma criada pelo Governo Federal para facilitar a gestão das obrigações trabalhistas dos empregadores domésticos. No cadastro, é preciso informar os dados da empregada, tais como nome completo, CPF, data de nascimento, número do PIS, entre outros.

eSocial: juros e multas

Feito o cadastro, é necessário gerar a guia de pagamento do eSocial, que deve ser paga até a data de vencimento. Caso haja atraso no pagamento, é importante lembrar que o valor da guia será acrescido de juros e multas.

Caso ocorram erros no cadastro ou no pagamento do eSocial Doméstica, é possível realizar correções na plataforma, desde que seja dentro do prazo estabelecido pelo Governo Federal. É fundamental estar atento às datas e prazos para evitar problemas futuros.

Além dos impostos das domésticas

Além dos impostos, é importante lembrar que a empregada doméstica tem direito a outros benefícios, tais como férias, 13º salário, licença-maternidade, entre outros. É dever do empregador cumprir com essas obrigações, garantindo um ambiente de trabalho seguro e justo para a trabalhadora.

Em resumo, os impostos a serem pagos para a empregada doméstica são o INSS, IRRF, SAT e salário-educação, sendo o FGTS opcional. Para realizar o pagamento, é necessário fazer o cadastro no eSocial Doméstica e gerar a guia de pagamento, estando sempre atento aos prazos e correções necessárias. Além disso, é fundamental cumprir com todas as obrigações

Outras publicações da Doméstica Simples